Por Dionatan Zibetti

Enquanto os ministros da Corte discutiam o futuro da pesquisa com células-tronco no plenário, o evangélico Matheus Sathler fez protestos em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira(28)

– Eu vou trazer ex-paraplégicos que foram curados para vocês verem. Se quiserem andar, é só ter fé em Deus. Eu amo vocês e preciso dizer que existe uma manipulação por trás disso. Eu não sou pastor e não vivo de dízimo, mas está tendo ofensa ao credo. Há um começo de perseguição religiosa. Eu vim alertar que existe uma manipulação e ela está sendo financiada pela mídia – disse Sathler, que se declarou “advogado voluntário” da Frente Parlamentar Evangélica.

Apesar da manifestação o ministro Carlos Alberto Direito, deu seu voto favorável à pesquisa com células-tronco de embriões, mas definiu uma série de condições para que esse trabalho possa ocorrer. Em seu voto, Direito considerou importante que as pesquisas, antes de serem realizadas, sejam submetidas a um controle federal por um órgão ainda a ser criado e a ser integrado por profissionais da área do direito, sociologia, teologia, entre outros. Carlos Alberto Direito também manifestou-se favorável às pesquisas desde que não se destrua o embrião.

Stevens Rehen, pesquisador da Universidade Federal do Rio de Janeiro e especialista no estudo de diferenciação neural de células-tronco embrionárias diz que a limitação dos estudos com células-tronco embrionárias a procedimentos que não destruam o embrião oferece “sério empecilho às pesquisas” principalmente no Brasil.

Segundo Rehen apenas um laboratório no mundo já conseguiu realizar com sucesso o procedimento – que retira apenas uma célula do embrião para a pesquisa, mantendo o organismo intacto – e, portanto, não há garantias de que os laboratórios brasileiros consigam reproduzir a técnica. “Nós não conseguimos nem trabalhar com embriões a serem destruídos no final do processo, eu mesmo trabalho com colônias importadas, imagina desenvolver uma técnica ainda incerta. Isso certamente seria um atraso para as pesquisas.”

Além disso, o pesquisador ressaltou que seria extremamente improvável que esses embriões chegassem a ser implantados no útero. “Pensando em termos práticos, qual embrião um casal escolheria para implantar: um que foi manipulado ou qualquer outro? No fim das contas, esses embriões manipulados ficariam congelados”, afirmou.

Saiba o que são células tronco embrionárias:

Post indicado por Jean Carlo (Fonte: Diário Catarinense, Estadão e O Globo)

Anúncios

Comentários em: "Células-tronco: Saiba o que rolou hoje no Supremo Tribunal Federal" (8)

  1. oi sabemos do poder de DEUS em nossas vidas mias isso não impede da medicina evoluir afinal nós não somos coruptos mais ela vem evoluindo a cada dia.
    acredito eu q a religião não se meta num assunto do qual são completamente leigos sabemos muito bem como é pra uma pessoa e nuam caminha viver … sabemos q num mundo mal não existem condiçoes favoraveis pra isso por mais q elaborem , aprovem leis as dificuldades serão as mesmas. O que eu me refiro é porque o Brasil tem q ser sempre o ultimo nas descobertas ou na eficacia das coisas por que?
    o Brasil é um pais bom mais esta anos luz atrazado em varios assuntos mais estamos em primeiro lugar em corrupção no mundo. Ai os politicos dizem não tem dinheiro para investir em experiencias mias tem dinheiro para robar???
    acho um pulo muito grande as celulas troncos são capazes de fzer uma pessoa a andar a ter sua vida de trabalho “NORMAL” pq ela não leva uma vida normal pq vivemos numa sociedade ipocrita q faz leis a favor dessas pessoas mais não cumprem
    adoro esse assunto e acho q vamos conseguir trazer a cura pra muitas pessoas /

    abraços JEAN …

  2. Rubenita disse:

    esses dias atrás, estava assistindo um programa na cultura (canal estadual aqui de SAMPA) chamado “invenção do contemporâneo”… e o fernando reinach (biológo) estava dizendo como, atualmente, as pessoas têm dificuldade em “tomar decisões éticas pq elas não têm o conhecimento das coisas que estão acontecendo e como estão acontecendo…”. parabenizo-o pela postagem no blog sobre o assunto… estamos apenas começando (a discussão), então isso ajudará, aos que aqui acessam, na tomada de decisão pessoal sobre o assunto.

    em 1500 a igreja católica não teria problema nenhum em ser a favor do aborto pq ela achava que a vida começa na 1ª respiração (ou seja, no nascimento)… entao o conhecimento científico mudou até esse dogma!!! mais prá frente, ela mudou novamente qdo a ciencia disse que a vida começava com o batimento cardiáco e depois na fecundação… e assim por diante…

    todo o nosso corpo é formado de células, que se manipuladas de maneira certa, geram outra vida… então o que dizer qdo tomamos banho e centenas de milhares de células (com potencial de se tornar uma vida) são mortas? uma pessoa morta há 4 dias ainda tem células vivas capazes de gerar outra vida (cabelo e as unhas de uma pessoa morta continuam crescendo mesmo depois de 3 dias da sua morte)… quer dizer, tá ficando mesmo tudo muito dificil mesmo. e sem o conhecimento do que sejam as células tronco, por parte de toda a sociedade, ficará mais difícil ainda a tomada de decisão!

    bom. era isso. abraço. inté

  3. Daniela disse:

    É claro a todos, que cada ser humano tem um código genético diferente, portanto, de nada adianta usar célular de um outro individuo, se cada ser é diferente. Aconteceu isto com as tentativas clonagem e diversas outras tentativas na ciência. O grande problema, é que mesmo sabendo-se que tais pesquisas não levam a nada, há muito dinheiro envolvido, por isso, todas as questões não são esclarescidas de acordo, o que é mostrado é somente o que a mídia ou os interessados querem. Pergunto.. por que não gastar este dinheiro com outros investimento? Há milhões e milhões de pessoas morrendo em todo o mundo de fome, miséria, condições sub-humanas de sobrevivência… por que não pesquisar as celulas troco do próprio individuo e através do seu próprio código genético encontrar a cura? Por que são gastos milhões em pesquisas genéticas para que os pais possam escolher a cor do cabelo e cor dos olhos do filho? (banal, hein?) A saude e educação, carinho e amor não seriam mais importantes? Bom, talvez estejamos entrando numa era em não haja real interesse no ser humano e sim, no dinheiro e fama que qualquer estas tentativas de aprender a “criar”, muitas vezes frustadas, trazem…

  4. olá respondendo o recado da Daniela vc pode ter a sua opinião e é claro q eu respeito muito ela mais as pesquizas jah feitas mostram um grande avanço pq eu conheço dois cadeirantes q estavam numa dessas pesquizas e receberão celulas 4 meses e jah estavam sentindo sencibilidade nas pernas a culpa da fome da miseria é do mal empenho da população e do governo, q alias somos nos mesmo q os colocamos nos gargos q estão… é claro não mandamos eles passarem a mão nos cofres publicos. mais acredito eu q deve sim se estudar a cura de muitas doenças.
    acho q o maior interesse é sim o ser humano e a corupção exist mais somos nos q temos q acabar com ela… como diz o ditado NEM TODOS AQUELES QUE TENTARAM CONSEGUIRÃO MAIS CONCERTEZA AQUELES Q CONSEGUIRÃO TENTARAM …

    abraçosss e at ….

  5. Rubenita disse:

    ô daniela, as células-tronco não têm carga genetica nenhuma ainda… elas se formarão no que os cientistas quiserem… pq vc acha que eles querem essas células???!!

  6. e por falar em Dinheiro…. Os ministérios da Saúde e da Ciência e Tecnologia irão lançar, no mês que vem uma rede nacional de pesquisas com células-tronco. Inicialmente serão investidos R$ 25 milhões no programa. E dá-lhe investimentos..

    Eu dou meu apoio à defesa da vida humana mesmo na fecundação ou em qualquer circunstância em que esta se encontra. Pra ser sincero, não gosto de matar uma formiga sequer… portanto, dentro do que eu acredito, como vou matar uma vida para salvar a outra. Parece meio ilógico.

    Concordo com a Daniela, sobre direcionar esses investimentos pra áreas mais carentes de nossa sociedade.

    Abração a todos..

    e..

    Obrigao por lerem e participarem no blog com seus comentários..

    Abraço

    \Dionatan

  7. Jan e Rubenita…
    Primeiro, quero pedir desculpas pela forma que coloquei o post, as frases sairam “meio atravessadas”….. acho que talvez eu tenha me expressado mal quanto a pesquisa..
    Somente retificando, acredito que todas as pesquisas são de grande valia sim, o que não concordo é a forma como estão sendo conduzidas (deixando-se de lado outras coisas também importantes).

    Abraços a todos.

  8. Rubenita disse:

    sem problemas daniela, eu entendi!

    fizemos um trabalho meio que “inédito” na facu, no ano passado, sobre
    células tronco… por isso tbém me interessei (e ainda me interesso) em ler o que as pessoas escrevem…

    na verdade o objetivo do trabalho não era o de chegarmos a “alguma conclusão”, não (não oficialmente!! rsrs!), mas era o de pesquisa mesmo e, sem o bojo do preconceito “evangeliquez”, já que éramos uma classe de “seminaristas” numa matéria de bioética!! o que vimos (levamos alguns vídeos de coleta de célula tronco e tal), pesquisamos e apresentamos foi mais a título de informação mesmo e contextualização de uma ciência que está tão perto de nós, do nosso dia-a-dia, do povo de nossas igrejas, entende???! mas que ainda não é de toda conhecida por aqueles que serão os “líderes” nas igrejas… e igrejas dentro do século XXI!!

    alguns, claro, no decorrer do semestre (e pesquisa) se posicionaram a favor, outros contra (montamos uma banca por sorteio prá debates)… mas não era esse o objetivo!

    o meu trabalho teve nota 10,0 então acho que deu prá dizer “alguma coisa” aos meus colegas de turma!!! ou mesmo passar alguma informação com imparcialidade!!!

    um abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: