Por Dionatan Zibetti

Posts marcados ‘G1’

O absurdos publicado no G1: Moisés pode não ter existido…

Moisés pode não ter existido, sugere pesquisa arqueológica

A saga de Moisés, o profeta que teria arrancado seu povo da escravidão no Egito e fundado a nação de Israel, tem bases muito tênues na realidade, segundo as “pesquisas arqueológicas mais recentes”. É praticamente certo que, em sua maioria, os israelitas tenham se originado dentro da própria Palestina, e não fugido do Egito. O próprio Moisés tem chances de ser um personagem fictício, ou tão alterado pelas lendas que se acumularam ao redor de seu nome que hoje é quase impossível saber qual foi seu papel histórico original.

®®®®®®®®®

Hã sim claro, será que ninguém mostrou as “pesquisas arqueológicas mais recentes” para esses caras?

Assistam abaixo uns trechos de um documentário produzido pela History Channal e a Discovery Channal Canadá, com as mais recentes decobertas arqueológicas e como elas provam que de fato o Êxodo aconteceu.

Dirigido pelo canadense Simcha Jacobovici, o documentário tem a produção executiva do diretor James Camerone e apresenta revelações bombásticas sobre o êxodo bíblico, que culmina com a descoberta de uma imagem de ouro da arca da aliança esculpida a 3.500 anos atrás e que está disponível hoje no Museu Arqueológico Nacional em Atenas Grécia. Download do documenátio completo AQUI.

Fiquem na Paz

Dionatan Zibetti

Padre que voava pendurado em balões desaparece no litoral de SC

Adelir de Carli tentava bater recorde voando 20 horas consecutivas. Equipes de resgate fizeram contato com ele pouco antes da queda.

Equipes do Corpo de Bombeiros começaram, na noite deste domingo (20), as buscas pelo padre Adelir de Carli, que tentava bater um recorde voando pendurado em balões de festa, no sul do Brasil.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, ele saiu pela manhã de Paranaguá, no Paraná, com o objetivo de ficar 20 horas no céu. No entanto, o mau tempo o teria levado em direção ao mar, causado a queda dos balões perto de São Francisco do Sul.

Pouco antes da queda, equipes de resgate fizeram contato, via celular, com Adelir, que chegou a ficar a mais de 50 Km da costa.

Neste momento, barcos da Capitania dos Portos vasculham o Litoral Norte de Santa Catarina.

Fonte G1

Nuvem de tags