Por Dionatan Zibetti

Posts marcados ‘Parada Gay’

Chega de Heterofobia: 2ª Parada do Orgulho Hetero

A segunda Parada do Orgulho Hétero e Simpatizantes de São Paulo, na calçada do vão do MaspMuseu de Arte de São Paulo, na av. Paulista, já tem data. Será no dia 1º de junho, a partir das 15h. A intenção é realizar o evento sempre no primeiro domingo após a Parada Gay. A iniciativa foi organizada por uma família de classe média do ABC paulista e seus amigos, como relatou a Folha Online no ano passado. O lema da Parada Hétero (“Muitos são, poucos se orgulham”) vai continuar, segundo Cristiano.

Via Sou da Missionária lá do Pr. Artur Eduardo

[atualizado]Sociedade Gay? Cultura Gay?

Candidato ao conselho gestor do Ibirapuera propõe área de sexo livre no parque

Uma proposta polêmica pauta a eleição de amanhã do conselho gestor do parque Ibirapuera. Inspirado numa experiência holandesa, o candidato a uma das seis vagas de conselheiro Douglas Drumond quer criar áreas de exclusão em que relações sexuais seriam permitidas a céu aberto, nos arbustos ou sob a copa das árvores. Drumond explica: “Sendo mais ousado e acompanhando as tendências dos parques da Europa, entendo que isso é um atrativo turístico de grande potencial. Quando se fala que numa cidade as pessoas podem ficar no parque peladas ou fazendo sexo na praça, atrai. Quero atrair o turismo para São Paulo de uma forma mais moderna, oficializando uma coisa que já existe”.

_________________________

Putz, Imaginem a mistura: Crianças e sexo gay livre no zoológico. Isso já é aberração.!!! 😐

Ministério da Cultura lança editais para valorizar gays

Em comemoração ao Dia Mundial de Combate à Homofobia, celebrado no sábado, o Ministério da Cultura lançou dois editais para concursos públicos voltados à cidadania de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais. Um é para o Concurso de Apoio às Paradas de Orgulho GLBT nas cidades em que o movimento não existe. O outro é para o prêmio cultural que deve financiar, com verba de até R$ 9 mil, 104 iniciativas de valorização da cultura gay.

Governo destina R$ 1 milhão a paradas gays

O Programa Nacional de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids do governo federal destinará este ano R$ 1 milhão para financiar a realização de paradas gays em todo o país. O valor é o dobro do destinado em 2005 pelo programa para esses eventos e começa a provocar polêmica entre ONGs, conselhos de saúde e até no Ministério Público Federal. O patrocínio vem sendo criticado por quem acredita que o dinheiro da saúde deveria financiar apenas ações específicas de combate à Aids. Esses setores não são contrários a financiamento público para as passeatas, mas questionam o repasse de verba do Programa de Aids, que, segundo eles, deveria ser destinado exclusivamente a realização de exames de HIV, compra de medicamentos, aquisição de camisinhas e campanhas de prevenção, entre outros gastos.

______________________________

Não quero ser  tachada de homofóbico, mas acredito que o dinheiro público não deveria ser utilizado para promover esse tipo de coisa. Não me lembro do governo doar tal qualtia para algum projeto do tipo “parada contra a fome”, “campanha contra o abuso infantil”, “marcha contra paralisia infantil”, “carreata pelo ensino” e outros projetos que necessitam de apoio e divulgação, e que se relacionem com o que é básico para uma sociedade bem estruturada.

Post indicado pelo Pr. Marcio Roberto www.evangelho.net

Nuvem de tags